Você tem o costume de dormir com aparelhos eletrônicos carregando ao lado de sua cama?

Estamos perguntando porque muitos adultos fazem isso.

Além do mais, a maioria dos adolescentes vão dormir com o celular ao lado, enquanto carrega a bateria.

O que parece inofensivo de tão comum é um verdadeiro perigo.

Um dos motivos é que o risco de incêndio durante a carga é muito alto em alguns modelos de aparelhos.

Quando a bateria está com defeito, o perigo é maior.

Não por acaso, os bombeiros de New Hampshire, Estados Unidos, divulgaram um alerta sobre o risco de incêndio nas casas em que os moradores têm o hábito de carregar aparelhos como smartphones e tablets próximo da cama.

Por isso, é sempre bom manter o celular longe de papel, colchão e outros materiais infláveis.

Além disso, dormir com o celular no quarto atrapalha muito a qualidade do sono.

O nosso relógio biológico é guiado pela presença de luz, independentemente se for natural ou artificial.

Não é à toa que a claridade das telas eletrônicas estimula e desperta o cérebro.

E não para por aqui!

A luz azul, muito presente em celular e tablet, também pode causar degeneração da retina, diabetes e até mesmo câncer.

Não é sensacionalismo!

Estudos comprovam que quando nosso sono é muito alterado, os hormônios começam a trabalhar de forma desregulada.

O que isso significa?

Simples: a pessoa pode passar a comer muito sem sentir saciada, um sintoma muito comum quando há diminuição no hormônio leptina.

É também possível que haja aumento de açúcar no sangue.

Não estamos falando apenas de uma pesquisa, mas de várias.

A exposição a luzes artificiais durante à noite causa, além de tudo o que foi dito, doenças no coração e obesidade.

Você pode até não mexer no aparelho, deixá-lo apenas carregando no quarto, mas a luzinha do carregador e toda a radiação do eletrônico já prejudica à saúde.

Para reduzir os riscos, a Harvard Medical School indicou o uso de luz vermelha fraca, para ser usada durante a noite.

É importante evitar o uso de tecnologias de entretenimento pelo menos três antes de ir para cama – quase ninguém faz isso.

Se você não pode evitar o contato com as telas, use óculos de proteção, a fim de evitar os danos causados pela luz azul.

Se desejar, baixe um aplicativo que filtre a luz azul e verde durante a noite.

Ou use o modo noturno, existente em alguns smartphones.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Seção: 

Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.